A espessura do papelão ondulado é definida como a distância entre as duas faces externas da chapa de papelão ondulado. Já comentamos aqui, em algumas oportunidades, sobre a importância da espessura e sua participação na resistência à compressão da caixa de papelão ondulado.

A espessura é um fator da conhecida fórmula de McKee, que possibilita prever, teoricamente, a resistência à compressão da caixa. Esse fator entra na fórmula como a raiz quadrada da espessura. Uma diferença para menos na espessura especificada irá representar um percentual de perda na resistência à compressão – percentual esse que pode ser calculado.

A espessura da chapa para determinada combinação de papéis, na saída da onduladeira, pode ser prevista com base nas espessuras dos papéis (capas e miolo) utilizados. Essa estimativa pode ser obtida conforme a equação que apresentamos abaixo para um papelão ondulado de parede simples:

E = eC¹ + eC² + eM + a(AO )

E = Espessura da chapa

e = Espessura dos papéis (capas e miolo)

C¹ – C² = Capas

M = miolo

a = Fator de correção para a Altura da

Onda (AO ), especificada pelo fornecedor do cilindro ondulador. (Na fabricação da chapa ocorre uma perda na altura das ondas: um pequeno “esmagamento” nos ápices das ondas, devido à umidade pela aplicação da cola e a pressão dos “rolinhos” e “lonas” na forradeira).

O esmagamento referido acima pode variar de 15% a 10% da altura da onda (no caso, o fator “a” seria 0,85 ou 0,90). Um valor mais coerente, porém, pode ser determinado pelo fabricante da chapa de papelão ondulado, observando a realidade de seu processo, isto é, conhecendo a indicação do fornecedor do cilindro ondulador e a espessura real da chapa na saída da onduladeira, descontando as espessuras dos papéis componentes da chapa. No caso de um papelão ondulado de parede dupla, a perda na altura deve ser um pouco maior, talvez algo próximo de 20%.

Quando se trocam os cilindros onduladores, a espessura da chapa é a maior possível, já que os cilindros novos não sofreram, ainda, os desgastes normais decorrentes do uso. Nessas condições pode-se determinar, para cada tipo de estrutura e ondas, o fator (a) da fórmula.

Conhecer essa realidade do processo pode ser interessante para o projetista da embalagem, já que o projeto deve satisfazer a questões de custo, sempre cobradas pelos vendedores. Num determinado período, aquele cilindro ondulador “novo” vai possibilitar uma espessura maior do que aquela que figura nas tabelas de especificação dos fabricantes.

Essas tabelas trazem as espessuras mínimas, as quais são usadas para os cálculos de resistência à compressão da embalagem. Pode haver uma diferença significativa se a resistência à compressão for calculada utilizando-se a espessura mínima de tabela e aquela real que obteríamos na onduladeira.

Cuidados devem ser tomados, porém, para monitorar o processo com vistas àquele período em que a produção está trabalhando dentro dos valores mínimos especificados. O projetista deve estar em sintonia com o pessoal de produção e, também, com o vendedor que sempre cobra um custo menor para poder fazer suas vendas nas épocas de maior dificuldade no mercado.

Conhecendo as espessuras dos papéis e a perda na altura da onda, durante o processo na onduladeira, o projetista pode, antecipadamente, ter uma referência para a espessura final da chapa que vai utilizar no projeto, considerando, é claro, que estará agindo assim em situações especiais.

Normalmente, o projetista utiliza em seus cálculos as espessuras de tabela, o que lhe garante uma situação de maior segurança, já que, para alcançar a resistência à compressão especificada, terá de compensar indicando uma resistência de coluna maior.

 

www.abpo.org.br extraída no dia 13/03/2013

Comente:

  • (não será publicado)

A Cartosul

A Cartosul é uma empresa que atua no ramo de embalagens de papelão ondulado desde 18 de julho de 2001. Ao longo deste período, foi se especializando em caixas, acessórios e produtos de papelão ondulado de diversas qualidades, gramaturas e layouts, desde reciclados ou Kraft na cor parda ou branca. Desde a sua inauguração está sempre buscando soluções para aumentar a sua agilidade e a qualidade de seu produto visando atender seus clientes cada vez mais exigentes.

Política de Qualidade

“Trabalhar com amor e garra no mercado de embalagens de papelão, criando soluções e fortalecendo a marca Cartosul. Superar as expectativas de nossos clientes para garantir os lucros que permitam novos investimentos, atraindo, desenvolvendo e motivando pessoas. Estreitar as relações com nossos parceiros para assegurar a excelência desses compromissos”.

A política da qualidade definida será cumprida com base nos seguintes valores e crenças:

  1. SATISFAÇÃO DOS CLIENTES
  2. DEDICAÇÃO AO PRODUTO E A EMPRESA
  3. VALORIZAÇÃO DOS COLABORADORES
  4. RESPEITO À COMUNIDADE CARTOSUL

Portanto, agradecemos a sua visita e pela oportunidade de apresentarmos nossa empresa.

Sempre que desejar entre em contato com a nossa equipe de atendimento.

Nossa intenção é a de fornecer produtos e serviços com o grau de qualidade esperado e merecido pelos nossos clientes. Aguardamos ansiosos pelo seu contato.

COMERCIAL: comercial@cartosul.com.br

QUALIDADE: sac@cartosul.com.br

INFORMAÇÕES: cartosul@cartosul.com.br